Os 10 pontos que tiram a virilidade do Macho

1 – Comer carpaccio: homem que é homem não come carpaccio. Não precisa comer carne sangrando todo dia, pode até ser um filé de frango. Mas carpaccio não dá;

2 – Dançar axé: podem falar que os shows (e estabelecimentos) em que se toca axé têm um monte de mulheres e os caras que dançam são metidos a pegadores. Dançar axé não é coisa de macho, é coisa de quem foi desmamado com garapa na infância. E aquelas caretinhas enquanto rebolam pra lá e pra cá?

3 – Não carregar peso: você pode até não agüentar, mas precisa carregar peso. Homem que não carrega peso é deixado de lado. O mundo pede: carregue peso e troque lâmpadas, é sinal de virilidade;

4 – Pedir “caipiroskas e afins”: caipirinha é de cachaça, né? Este negócio de pedir caipirinha de vodca e de saquê é coisa de mulher. Macho que é macho bebe de cachaça. E com limão!


Um cara macho, Vai encarar?

5 – Depilar/fazer as unhas: pô, precisa falar algo? Os nadadores profissionais têm a desculpa oficial do “atrito” que causa na água e tira velocidade (embora, pra mim, isso seja frescura). Ter pêlos é inerente ao macho, assim como coçar o saco (todos os sacos coçam e isso é um fato. Ok, não precisa coçar na frente do chefe, mas coçam); sobre as unhas: homem com unha brilhando, toda redondinha, transmite virilidade a alguém?

6 – Usar papetes: eu não sei se o nome é comum pro Brasil todo, mas sabe aquele projeto de chinelo, com umas tiras, que fica meio chinelo e meio sandália? Aquilo é horrível. Quem usa papete não tem a menor virilidade;

7 – Camiseta baby look: aquelas camisetas que o cara compra PP pra ficar agarrada e parece que sempre tem alguém sem respirar…. É a camiseta “Não tomei bomba suficiente e preciso pagar de musculoso”. Péssimo;

8 – Não ter barriga: Barriga é sinal de virilidade. Não precisa ser enorme, porque aí você não pega ninguém, mas um pouco de barriga tem que ter, pois a cerveja consumida fica um pouco ali, sempre;


Só pra quem é macho!

9 – Falando nisso: não beber cerveja: e aqui não estou falando de outras bebidas alcoólicas. Tem que beber cerveja. Beber Martini ou vodca é coisa de mulher. “Só bebo uísque” é coisa de cara metido a rico. E macho que é macho sabe a diferença das marcas de cerveja. Esta de “bebo qualquer uma” é coisa de bêbado. O homem de verdade sente prazer ao tomar uma boa cerveja;

10 – E, por último, talvez a mais importante: não gostar de futebol. Homem que é homem gosta de futebol. Essa de dizer que torce para um time sem saber a escalação é típica de quem não gosta, mas tem vergonha de assumir. Seria mais honesto dizer: “Ok, minha mãe não me amamentou”, ou, “Fui criado pela minha avó” ou até “Passei a infância em um condomínio fechado”. Mas não finja. Assuma-se como um cara sem virilidade alguma. Mesma coisa para os que falam “Ah, eu torço pra Seleção Brasileira.” Seleção e Copa do Mundo não valem. É quando mulheres, crianças e todos os que NUNCA vêem um jogo de futebol, assistem a um. Vira homem, p.!


fonte

1 comentários:

Leonardo disse...

nada mais gay do que dançar axé