Os maiores fracassos do cinema em 2008

Veja alguns filmes que decepcionaram nas bilheterias americanas, segundo estudos feitos pela revista Forbes e o site IMDB:



Speed Racer

speedracer


A mega produção Speed Racer custou mais de US$ 150 milhões para a Warner, entre merchandising e gastos com filmagens. Nas bilheterias mundiais, porém, o longa conseguiu pouco mais de US$ 89 milhões, uma marca alta, se não fosse o orçamento da produção.

Parte da decepção em torno de Speed Racer saiu da imprensa. O filme recebeu críticas negativas, especialmente porque foi muito comparado ao anime (desenho japonês) que deu origem ao longa-metragem. Na visão dos irmãos Wachowski (diretores de Matrix), Speed Racer era um delírio colorido e psicodélico, o que não agradou os fãs de longa data.

O Grande Dave

Photobucket


Eddie Murphy já não é mais um grande astro, pelo menos de comédia. A bilheteria de seu filme anterior, Norbit, já tinha dado indícios de que o público está cansado das comédias pastelões do ator. O Grande Dave seguiu pelo mesmo caminho.

Com orçamento de US$ 60 milhões, a comédia com Eddie Murphy demorou a bater a casa dos US$ 30 milhões ao redor do planeta, e só conseguiu devido a uma insistência do estúdio em mantê-lo nas salas de cinema.

Eddie Murphy, que havia anunciado que este era seu último filme, deve demorar a investir em outra comédia do gênero.

...


Semi-Pro

semipro


O dom de Will Ferrell em levar as pessoas ao cinema fez dele um dos atores mais bem pagos de Hollywood. Seu cachê - cerca de US$ 10 milhões -, no entanto, não justificou o fracasso de Semi-Pro, que conseguiu apenas US$ 33,5 milhões pelas bilheterias americanas, sua pior marca nos últimos anos.

Com o longa no prejuízo, o jeito foi lançá-lo no DVD após algumas semanas de exibição nas salas. Nem com uma grande campanha de marketing a investida deu certo: o filme entrou na lista dos menos comprados deste Natal.

O Amor Não tem Regras


leatherheads


Quando O Amor Não Tem Regras foi mal nas bilheterias, George Clooney admitiu o fracasso, mesmo sendo um dos maiores atores de Hollywood. Em entrevista à revista Rolling Stone, ele afirma: "Foi uma bomba. Alguém me disse: 'como você sente?'. Na verdade dói um pouco. Eu coloquei muito trabalho nisso por uns dois anos e investi bastante. Dá para ficar abalado."

O Amor Não tem Regras arrecadou US$ 41 milhões nas bilheterias mundiais, US$ 17 mi a menos do que seu custo de produção.

Perigo em Bangkok

bangkokdangerous


O ano não foi ruim apenas para Eddie Murphy, Will Ferrell e George Clooney. Perigo em Bangkok foi a bomba pessoal de Nicolas Cage.

Se fosse apenas mais um fracasso de bilheteria, Cage não teria ficado tão chateado. O problema foi que ele cedeu dinheiro próprio para a produção do longa. No fim, a produção arrecadou US$ 39 milhões mundialmente. Custou por volta de US$ 45 mi.

O Guru do Amor

loveguru


O retorno de Mike Myers às telonas não foi bem-vindo. O Guru do Amor, que tinha até a participação de Justin Timberlake como um rapaz "bem-dotado", fez feio nas bilheterias e arrecadou apenas US$ 5,4 milhões em seu primeiro final de semana, mesmo sendo exibido em 3012 salas pelos Estados Unidos.

O possível sucesso de O Guru do Amor foi ofuscado por Agente 86, com Steve Carrell, que na mesma semana conseguiu US$ 13,5 milhões e foi um dos filmes mais bem-sucedidos do ano.

Cinturão Vermelho

redbelt


Cinturão Vermelho não foi bem uma aposta Hollywoodiana, mas poderia ter feito melhor nas bilheterias. O filme, que teve um investimento avaliado em US$ 15 milhões, estreou nas salas americanas com uma arrecadação de apenas US$ 2 mi.

No Brasil, o desempenho foi um pouco melhor, já que a produção contava com Rodrigo Santoro e Alice Braga.

Missão Babilônia

babylonad


Missão Babilônia também não chegou perto de arrecadar os US$ 70 milhões investidos no filme. A produção do longa estourou prazos e quase foi direto para os DVDs.

O diretor, Mathieu Kassovitz, também deixou bem claro que estava insatisfeito com a versão final, já que a Fox cortou 70 minutos do longa-metragem para poder exibi-lo com a censura mais baixa nos Estados Unidos. Eventos que ajudaram no fracasso.

Delgo

delgo


A animação infantil Delgo foi a pior abertura do ano nas bilheterias norte-americanas, segundo informações do site Mojo. O filme arrecadou, em seu primeiro final de semana, US$ 512 mil, ou US$ 237 por sala. Em proporções, Delgo teria atraído apenas duas pessoas em cada sessão que foi exibida nos Estados Unidos.

No elenco de voz estão Val Kilmer, Jennifer Love Hewitt, Freddie Prinze Jr., Kelly Ripa e Anne Bancroft. O estúdio não divulgou quais foram os custos exatos da produção, mas especula-se que tenha custado caro, especialmente pelos atores presentes.


Fonte: Terra

1 comentários:

Crítico Mascarado disse...

Só vou comentar sobre os filmes que assisti:
O Grande Dave: também achei ruim, é muita besteira junto, é o mesmo tipo de filme que ele fazia a 10 anos atrás.

Semi-Pro: é o tipo de filme que não vale a pena gastar muito pra ver, mas como eu baixei na net eu gostei xD Principalmente porque gosto do Will Ferrell e sempre tem outros atores legais trabalhando nos filmes dele.

O Guru do Amor: gostei do filme porque me fez lembrar do Austin Powers, mas não chegou aos pés do espião britânico.

Aproveitando sobre filmes, ontem eu assisti o filme Trovão Tropical ou Tropic Thunder. No filme tem Ben Stiller, Jack Black, o fodástico Robert Downey Jr., e fazendo uma participação menor, Tom Cruise vestido como um cara careca e gordo.

O filme é ótimo, e os extras que tem no DVD são tão bons quanto o próprio filme. Um dos extras é o Ben Stiller tentando fazer um viral do filme pra botar no Youtube.

Recomendo verem o filme Trovão Tropica, e todos os extras do filme.