Verticalização da Brava

O projeto de autoria de Volnei José Morastoni (prefeito de Itajaí até o final de 2008) e aprovado pelos vereadores Clayton, Elói, Vequi, Lamin, Pissetti, Marcio Silveira, Maurílio Moraes, Nikolas, Paulinho Amândio e Rogério Ribas, a chamada "Verticalização da Brava" deixou muita gente "puta"

A Praia Brava, tem uma orla de 3km do Canto do Morcego ao Canto dos Amores. É uma praia ótima. Não é lotado igual a Praia Central de Balneário Camboríu, possui uma área de restinga, uma considerável área de mata atlântica, os frequentadores são só pessoas bonitas, que vão lá para desfrutar do lugar, nada de malacos, e aquela muvuca de outras praias mais conhecidas e visitadas. Sem contar com o Warung Beach Club que foi eleito três vezes como um dos melhores clubes do mundo, onde só vem Djs de alto nível, e onde acontecem algumas das melhores festas.

O projeto de verticalização, possibilita a construção de prédios de 6 andares na quadra da praia, de 9 na segunda quadra, e doze na terceira

Meu professor de geografia, o Valter Cardoso, foi contratado por uma empresa do Paraná, que quer construir um Resort e casas de luxo entre os terrenos do Warung e do Kiwi. Ele é o geógrafo responsável pelo projeto do Resort.

Segundo ele, as pessoas mais pobres que já viviam na Brava a algum tempo aprovam a verticalização por causa da pavimentação, porque lá quando chove, tem muito barro, ao contrário dos moradores mais ricos que chegaram depois, pois eles possuem carros. Ele também disse que isso gerará empregos na área do turismo, e que Itájaí terá uma fonte de renda, diferenciada do Porto, o que é muito bom. O terreno do Resort, será assim: na área de frente para a praia, será construído o resort em si, deixando muita área verde entre as construções, e na parte do terreno que está no morro, será doada para a UNIVALI, para ser um parque ambiental.

Essa é a opinião DELE, não minha, vamos falar do lado contra a verticalização:

Uma pesquisa feita pela UNIVALI, diz que 90% dos frequentadores da Praia Brava querem a conservação da praia, e valorizam justamente esse diferencial.

A verticalização não é necessariamente transformar a Brava em uma espécie de Balneário Camboríu, uma praia lotada, cheia de gringos, mas é um Resort aqui, outro ali, depois ficará cheio de hotéis, umas "desmatadazinha" aqui para construir um prédio, outra ali, e de repente tem um monte de prédios com umas 25 pessoas cada na primeira quadra (em média), uns com 50 na segunda quadra, e já está cheio de gente.

Deu, já tem um congestionamento na Brava, acabou o sossego, acabou aquele ar de uma praia quase inexplorada, acabou o encanto da Brava.

Mas olha que legal, a UNIVALI vai ganhar uma área de Parque Ambiental no topo do morro, um lugar de Mata Atlântica!! Que ótimo né? Não muito, isso pode ser uma espécie de: "Sr. Biólogo da UNIVALI, eu te darei um terreno que vai ajudar muito a universidade, então seria bom se o senhor cooperasse para que isso desse certo e ficasse a meu favor"

3 comentários:

O Culpado disse...

E ai brother
passei um selo pra vc, olha la no meu blog mamaenaosounerd.blogspot.com

Abraços

Lauana disse...

realmente, acabou o encanto da Brava.

Crítico Mascarado disse...

É ísso aí Alex, vamo fazer plaquinhas e ir pra Brava protestar xD

Aqui se despede o Crítico Mascarado.